Limitações no design: como isto nos afeta?

O Twitter anunciou suas novas diretrizes de interface, levando a comunidade de desenvolvedores e designers à loucura. Mas o que isto tem a ver com quem não trabalha com desenvolvimento de aplicativos? Nada. Mas isto não quer dizer que esse exemplo não possa servir de utilidade. Então, qual lição que podemos tirar disto?

O grande diferencial do Twitter são os vários aplicativos existentes. São aplicativos web, desktop e para aparelhos móveis que trazem características diferenciadas, possibilitando que um usuário (twitteiro) possa usar algo além dos aplicativos oficiais.

Não gosta da interface do app de iOS oficial por ele não ser muito usável? Tudo bem! Tem oTweetBot com uma interface limpa e com gestos configuráveis. Você tem múltiplas contas para gerenciar no Twitter, além de outras no Facebook e outras redes sociais? Ter vários navegadores abertos logados em diferentes contas do Twitter é um saco, então a melhor escolha é o Hootsuite. Quer usar um aplicativo no seu desktop? Tweetdeck. A beleza do Twitter é a variedade de aplicativos, interfaces e funcionalidades diferentes. Mas talvez isto mude.

Recentemente, o Twitter anunciou novas diretrizes de interface para qualquer aplicativo que usa a API deles. É compreensível eles quererem padronizar a experiência e marcar o branding deles rede afora – mas isto geralmente se limita a dizer “Olha, esse é o logo oficial. Não usem nenhum outro em seus aplicativos“.

Logo do Twitter

As novas diretrizes

Entre as novas diretrizes de interface, você encontra coisas como:

  • O avatar do usuário, nome e nome de usuário (@username) sempre precisam estar visíveis;
  • Nome e @username precisam estar em uma linha só, com o nome vindo primeiro;
  • Avatar deve estar sempre do lado esquerdo do nome, @username e texto do tweet;
  • O tweet deve ser mostrado debaixo do nome e @username e não deve ser alterado de nenhuma forma;
  • Ícones de Reply, Retweet e Favoritar devem sempre estar visíveis para que o usuário interaja com eles;
  • O timestamp (data e hora) deve estar sempre visível no canto superior direito;

Existem várias outras regras descritas na página oficial do Twitter que precisam ser seguidas.

Eu falei “precisam”, no sentido de “é obrigatório”. E como que o Twitter vai forçar isto? Simples: se o desenvolvedor não seguir essas regras, ele pode ter a chave de API cancelada e seu aplicativovai parar de funcionar.

Com tantas diretrizes, a criatividade fica muito limitada e o designer vai passar mais tempo tentando conciliar essas obrigações na sua interface do que criando algo realmente diferente.

Hootsuite

No final das contas, todas as interfaces vão ficar similares aos aplicativos oficiais – fazendo com que as pessoas parem de procurar aplicativos alternativos e levando as empresas que se dedicam a isto à falência.

O resultado desse anúncio? Um desenvolvedor resumiu bem:

Twitter, vá se danar. Você acabou de me poupar muito tempo com desenvolvimento, pois eu não vou ficar puxando o saco de um serviço que vai descer o ralo.

No final das contas, o Twitter vai possivelmente ter o mesmo fim de outras grandes redes sociais (como o MySpace ou Orkut) – basta surgir uma alternativa melhor e mais interessante.

Mas, e o Kiko?” você pergunta. “Eu não sou desenvolvedor de aplicativos de Twitter. Por que devo me preocupar?“. Ok, você realmente não tem com o que se preocupar. Mas isto não quer dizer que não exista uma lição que podemos tirar desta história.

Moral da história

Um pouco de limitação faz bem – veja o caso do MySpace que permitia trocar todo o design da rede social. Virou um caos. Mas excesso de imposições no design também pode afetar um produto negativamente.

As diretrizes são realmente necessárias? Como que isto vai impactar os aplicativos que já existem e os usuários que usam-no?

Talvez a equipe responsável pelo branding do Twitter não levou isto em conta, talvez levou mas decidiu ignorar para que seus aplicativos oficiais fossem uma escolha melhor em comparação aos outros. Não estou dizendo que grandes empresas como o Hootsuite vão falir, mas seria ignorância descartar essa possibilidade.

A lição que podemos tirar dessa história é que imposições muito duras e restritivas podem afetar negativamente um produto, assim como limitação nenhuma.

Post retirado de http://design.blog.br/design-grafico

É isso ai pessoal até a próxima,espero que tenham gostado e ‘Stay TRIUMPHANT♥’

^~’ 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: