Lançamento oficial da 4ª Bienal do Livro de Rio Preto

Lançamento oficial da 4ª Bienal do Livro de Rio Preto

  Orlandeli/Editoria de Arte   

Ariana Pereira 

A Secretaria Municipal de Cultura realiza hoje, às 10 horas, no auditório do Senac, o lançamento oficial da 4ª Bienal do Livro de Rio Preto, que será realizada de 30 de abril a 9 de maio do ano que vem, na Swift. Como parte do lançamento, a atriz Beth Goulart faz uma leitura cênica do texto “As águas do Mundo”, de Clarice Lispector. A leitura cênica é apenas uma mostra do que deve vir por aí na edição da bienal do próximo ano. Com a temática inteira voltada para a “Palavra”, o evento contará com diferentes módulos que abordam o conceito em atividades que passam por palestras, interpretações e inserção da literatura no cinema. “Fazemos esse lançamento com tanta antecedência para termos mais tempo para trabalhar na bienal e incentivar, principalmente, os expositores. A edição do próximo ano será bastante reformulada em relação às anteriores”, afirma o secretário de Cultura, Deodoro Moreira.]

A presença da atriz Beth Goulart, de acordo com Moreira, é mais do que apenas promover o lançamento. Ela e outros atores já confirmaram presença na bienal para o módulo “Palavra em Cena”. Para o módulo “Palavra Exposta”, alguns escritores também estão na lista dos convidados para a próxima edição da bienal do livro de Rio Preto. “Além desses dois espaços, em 2010, haverá um módulo que trata da literatura transposta para o cinema. É o tratamento da palavra em relação ao mundo cinematográfico. A ‘Palavra’ vai ser o mote principal, as sensações no espaço em que os atores encenam, o visual, por meio da palavra filmada nos cinemas. Dessa forma, cada espaço vai dar uma abordagem, uma descrição da maneira que a ‘Palavra’ será tratada em cada um deles”, explica o secretário.

Moreira reconhece que o tema escolhido pelos organizadores para trabalhar as diferentes frentes da bienal é amplo e oferece inúmeras possibilidades. Ele acredita, no entanto, que o tempo disponível para fechar a programação do evento possibilitará caminhos diferenciados de se explorar o conteúdo proposto pela organização. “Hoje, vamos apresentar rapidamente as propostas para o próximo ano, com uma pequena cerimônia e apresentação de vídeo, e deixar um bom tempo para que a atriz Beth Goulart faça a leitura cênica do texto de Clarice Lispector.” A primeira edição da bienal foi realizada em 2002, na Praça Cívica; a 2ª bienal, em 2006, foi na Swift; e a terceira edição, realizada em 2008, teve como sede novamente a Praça Cívica.

Preparação

A escolha de “As Águas do Mundo” para o lançamento da Bienal não foi feita pelos que estão à frente do evento. Moreira afirma que a opção foi da própria atriz Beth Goulart que pesquisou extensamente a obra de Clarice Lispector. Pesquisa que culminou em um espetáculo que inclui obras da escritora. “No texto para o espetáculo ‘Simplesmente Eu, Clarice Lispector’ trabalho trechos de ‘Uma Aprendizagem ou o Livro dos Prazeres’ e ‘Perto do Coração Selvagem’ e dos contos ‘Amor’ e ‘Perdoando Deus’”, explica a atriz. No espetáculo, Beth Goulart trabalha não apenas a obra da escritora, como também aborda temas da biografia de Clarice Lispector. Para tanto, a atriz serviu-se de documentos biográficos e de depoimentos de pessoas que tiveram contato com Clarice. O texto e a produção da peça são de autoria de Beth Goulart. A pesquisa forneceu material para a construção do texto e para a atriz encarnar a escritora: o gestual, a forma de falar, inclusive a postura de Clarice são buscados pela atriz em cena.

Para o lançamento da bienal do livro, Beth Goulart afirma ter escohido um trecho mais curto para, segundo ela, deixar os espectadores com “água na boca”, já que ela deve retornar em abril para o evento. “Achei melhor fazer um conto um pouco mais curto. Antes de fazer a leitura cênica, devo falar um pouco da escritora e do processo de pesquisa e construção do espetáculo. Um processo com mais de dois anos de duração. Quando voltar a Rio Preto, para a bienal, devo fazer algo do espetáculo. Por enquanto, é só para deixar um gostinho de quero mais”, diz Beth Goulart. Além da atriz, o secretário de Cultura Dedororo Moreira afirma que o ator Paulo Goulart e a atriz Nicete Bruno devem estar entre os convidados para a 4ª Bienal do Livro de Rio Preto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: